Alguém provavelmente já te perguntou se prefere assistir aquele filme ou série dublada ou legendada certo? Essa é uma questão que anda bastante em pauta nas redes sociais devido ao cinema, canais de TV a cabo valorizarem alguns anos a exibição de seu conteúdo com áudio dublado.

legendado-dublado

Desde 2007 em que o canal Fox Brasil passou a transmitir toda sua programação com o áudio DUBLADO e que nos anos seguintes e comprovou um sucesso com a audiência, todos os outros canais entraram na tendência dublando sua programação para ganhar essa fatia do mercado.

Conheço muitos amigos e familiares que preferem infinitamente ver algo dublado do que legendado, normalmente por não estar acostumado as legendas, ter preguiça ou simplesmente não conseguir acompanhar a velocidade de leitura.

A salvação para quem prefere assistir a filmes e séries legendadas na TV a Cabo é que nos aparelhos digitais existe a opção de alterar o áudio e ativar e legenda nos filmes, mas nem todos tem essa opção por ainda utilizar aparelhos que não sejam digitais.

Nessa onda dos canais dublados, as distribuidores de cinema também perceberam essa fatia do mercado e começaram a lançar a maioria das salas de exibição com a opção dublada, em alguns casos deixando as opções legendadas apenas a horários mais restritos e que seria impossível para todos, por exemplo no meio de semana a tarde no horário comercial.

A dublagem brasileira tem muita qualidade com artistas e estúdios conhecidos, mas por mais que a dublagem tenha qualidade, não é a mesma coisa que assistir com áudio original com todos os detalhes das interpretações e ambientação.

Eu pessoalmente prefiro a opção legendada, mas entendo perfeitamente quem curte a versão dublada e acho que as distribuidores deveriam se preocupar com a diversidade de opções, para que o público possa escolher entre as duas opções e não ficar limitando as sessões legendadas em dias e horários ingratos.

Isso também vale como regra aos filmes que acabam sendo lançados exclusivamente em 3D devido a maior arrecadação, obrigando o público a pagar mais caro para assistir filmes que na maioria das vezes não foi feito com tecnologia 3D, mas sim convertido na pós-produção colocando apenas profundidade nos mesmos.

Entendemos a tendência do mercado, mas a opção de escolha precisa ser livre e ter opções para todos os gostos.

 

 

Padu on FacebookPadu on Twitter
Padu
Editor em LMMT