Terminado o embargo às 10hs de hoje, vários sites começaram a divulgar novidades em relação ao filme da Liga da Justiça, vamos a algumas delas:

  • Novo logotipo bacana do filme, remetendo a algo mais otimista e menos sombrio:

    CleegtpXEAE9yXi

  • Imagem do novo Batmóvel no Set de filmagens:

    Clefw2VUoAAXl1c

  • Ao contrário do planejamento inicial, Liga da Justiça não será dividido em duas partes,  estão mantidos as datas dos dois filmes, porém cada um deles deverá funcionar sozinho.
  • Ben Affleck confirmou que irá dirigir o filme solo do Batman.
  • Batman terá mais de um uniforme no filme, sendo que uma das versões será bem próxima dos jogos da série Arkham.
  • O vilão do filme realmente será Stepenwolf e os Parademônios.
  • William Dafoe será Vulko, conselheiro de Aquaman.
  • O uniforme do Flash de Ezra Miller será criado pelo Batman e será bem tecnológico, inspirado no visual desenhado por Francis Manapul para a série dos Novos 52.
  • Flash e Cyborg serão grandes amigos e os alívios cômicos do filme;
  • O ator Kristofer Kivju, mais conhecido como o o líder selvagens Tormund de Game Of Thrones, será um antigo rei atlante no filme da Liga da Justiça, já o introduzindo como um futuro vilão para o filme solo do Aquaman.
  • Amber Heard ainda está escalada e confirmada como Mera.
  • Zack Snyder e Geoff Johns estão trabalhando em algo juntos, grande chances de ser algo relacionado a Tropa dos Lanternas Verdes
  • Superman vai voltar entre o 2 e 3º ato do filme, provavelmente cabeludo.
  • Junkie XL, após parceria com Hans Zimmer em BvS fará a trilha sonora de Liga da Justiça.

Além disso o casal Zack Snyder (diretor) e Deborah Snyder (produtora) falaram um pouco sobre as expectativas e aprendizados com Homem de Aço e Batman vs Superman, no qual foram alvos de críticas pesadas pelo clima sombrio e descaracterização dos personagens.

“Cada filme é um aprendizado, não é? E nós ouvimos o que todos têm a dizer, porque nos importamos com o que os fãs dizem. Ao mesmo tempo, cada história que contamos é diferente – e o caminho que estamos tomando agora é o que o público está querendo”– Deborah Snyder

“A coisa principal que aprendemos é que as pessoas não gostam de ver seus heróis desconstruídos.” – Deborah Snyder

“Justice League é muito mais inclusivo. E tem tudo a ver com personagens. Temos esses dois heróis mais jovens, Flash e Ciborgue, que são definitivamente mais leves. Eu acredito que eles terão um apelo junto ao público mais jovem. E Esquadrão Suicida tem seu público, assim como o filme da Mulher-Maravilha, que para mim terá apelo não só para mulheres mas também para um público mais amplo. O mais sombrio em que já estivemos foi isso agora que passou.”– Deborah Snyder

“Para mim é um filme pessoal. Eu amo esse material. E quando o filme saiu, me pegou desprevenido, porque amo esses personagens e senti fundo o impacto”. – Zack Snyder, sobre a recepção de BvS

“Eu queria um Superman que tivesse uma razão de ser Superman, e ele tinha que passar por algo para se tornar isso. É um processo pelo qual temos que passar, isso é parte da história”, justifica Snyder. “A morte sempre vai ser mais sombria que a ressurreição ou a formação de uma equipe. O tom é naturalmente diferente.”– Zack Snyder, sobre a recepção de BvS

“A principal coisa que nós aprendemos é que as pessoas não gostam de ver seus heróis desconstruídos. Eu acho que é difícil, porque são personagens com quem as pessoas cresceram e que se importam. Eles gostam de vê-los em toda a sua glória. Liga da Justiça será muito mais inclusivo que Batman v Superman. É um filme sobre personagens. Teremos esses dois personagens muito jovens, o Flash e Ciborgue. E você sabe, eles serão definitivamente mais leves. Eu acho que eles vão fazer sucesso com o público mais jovem.

Eu queria que o Super-Homem tivesse uma razão para ser o Super-Homem. Uma razão pela qual ele se importe com a humanidade. Essa compaixão que vemos nos gibis. Mas eu achei que ele deveria passar por tudo isso para se importar com a humanidade.”

O filme da Liga é um filme de união. Vamos ver todos os heróis como as pessoas os vêem nos quadrinhos.” – Zack Snyder

Claramente as criticas pesadas e a bilheteria abaixo do esperado para um filme do porte de Batman Vs Superman: A Origem da Justiça, fez com que a Warner/DC revirasse todos os planos originais para o universo DC nos cinemas de maneira que eles pudessem corrigir o percurso, centralizando tudo isso na figura de Geof Johns que além de ser o responsável pelo pontapé inicial do Rebirth da DC nos quadrinhos, agora é também encarregado de trazer um pouco de otimismo ao universo DC nos cinemas.

Só o fato de convidarem grandes veículos de comunicação do Mundo inteiro para visitar o SET e permitir que divulgassem as notícias tão rapidamente é uma forma de passar a mensagem de que tudo vai ser diferente e que o tom dos filmes serão mais divertidos, os encarregados entenderam onde erraram e desta vez não tem como errar.

Padu on FacebookPadu on Twitter
Padu
Editor em LMMT