Ganhadora do Oscar 2016 + um ator mirim extremamente talentoso + história incrível é a receita para o sucesso do filme “O Quarto de Jack” que estrou nos cinemas brasileiros no mês passado.

o-quarto-de-jack-foto2

O mais importante é a dica de que se não sabe nada do filme, continue assim até assistir! Qualquer dica sobre a trama da história pode estragar um pouco as surpresas do filme, então se ainda não assistiu, corra para os cinemas e depois veja nossa crítica! =D

Dirido pelo irlandês Lenny Abrahamson e baseado no livro de Emma Donoghu “O Quarto de Jack”  que também adaptou a história para o filme, conta a história do pequeno Jack, garoto que acaba de fazer 5 anos e tem todo o carinho e atenção da mãe, que o cria dentro de um quarto tentando protegê-lo da horrível realidade do real motivo de estarem ali, na verdade eles estão em um cativeiro, onde Old Nick a prendeu a 7 anos após sequestrá-la quando ela tinha apenas 16 anos e voltava da escola.

o-quarto-de-jack-foto1

Diariamente Nick a visita estuprando-a, dessa situação nasceu Jack que não sabe da triste realidade que o cerca,  para ele o mundo se resume somente aquele pequeno quarto, até que chega um momento em que “Ma”, como Jack chama sua mãe revela a verdade ao filho e monta um plano para que consigam escapar do cativeiro.

Toda a sequência em que eles planejam a fuga e finalmente conseguem a liberdade é tensa e emocionante e é muito difícil segurar as lagrimas quando eles finalmente conseguem se libertar.

o-quarto-de-jack-foto3

A partir dai o filme mostra o quanto é difícil para os dois, principalmente para a mãe que na verdade se chama Joy Newsome e é interpretada pela incrível Brie Larson que foi tirada de sua vida com apenas 16 anos e agora tem que lidar com o assédio da imprensa, convívio com a família e perceber a dura realidade de que a vida de todos continuou sem ela, apesar de saber que todos ali ficaram quebrados de alguma forma, nesse ponto o fantástico Jack interpretado pelo jovem Jacob Trembley mostra sua maturidade conseguindo se adaptar a todo um mundo novo para ele que antes não existia e ajudar sua mãe que tanto o ajudou e precisava de sua ajuda agora, com o suporte da família de Joy que apesar de mudada com os anos dá todo o apoio e suporte que ela precisa.

“O  Quarto de Jack” pode ser um pouco sombrio, mas é delicado o suficiente para comover e trazer uma incrível experiência e mereceu todos os prêmios que ganhou, com destaque para o Oscar para a atriz Joy Newsome e revelou o pequeno Jacob Tremblay para Hollywood.

Nota: 9 de 10 Pimentas!

 

 


Also published on Medium.

Padu on FacebookPadu on Twitter
Padu
Editor em LMMT